PIANO DIGITAL YAMAHA CLP-785B | YAMAHA | Pianos Digitais
PIANO DIGITAL YAMAHA CLP-785B | YAMAHA | Pianos Digitais
PIANO DIGITAL YAMAHA CLP-785B | YAMAHA | Pianos Digitais PIANO DIGITAL YAMAHA CLP-785B | YAMAHA | Pianos Digitais PIANO DIGITAL YAMAHA CLP-785B | YAMAHA | Pianos Digitais PIANO DIGITAL YAMAHA CLP-785B | YAMAHA | Pianos Digitais

PIANO DIGITAL YAMAHA CLP-785B

3 522,12 €

ID: 175117886
check_box Em Stock

check_box Entrega no próprio dia em Coimbra e Aveiro (ver condições)
check_box Portes Gratuitos a partir de 99€
check_box Estamos consigo há 15 Anos

O topo de gama com o desenho ao estilo de um piano vertical da série Clavinova CLP, que apresenta um teclado GrandTouch e o sistema de som mais evoluído da gama.
Quantidade



A mais recente ação dos teclados Yamaha apresenta uma larga faixa dinâmica e responde de forma fiel a todas as nuances do toque, o que permite uma ampla expansão do timbre - do delicado ao ousado - na ponta dos dedos do pianista. Os martelos de piano de cauda replicam, com alto nível de consistência, a resposta agradável sentida quando os martelos tocam as cordas, permitindo uma maior precisão no controlo do som.

As teclas brancas de marfim sintético com alta capacidade de absorvência e as teclas pretas de ébano sintético evitam o escorregar dos dedos, mesmo quando se toca durante bastante tempo, permitindo também uma sensação similar à de tocar num piano de cauda.

O teclado GrandTouch apresenta teclas de madeira que demonstram bem a experiência da Yamaha com madeira para pianos. Assim como nos teclados dos pianos de cauda, a madeira maciça é cortada das melhores partes da madeira bem seca, tornando as teclas mais resistentes à deformação quando comparadas com os teclados de madeira laminada. A textura e estrutura de madeira das teclas criam uma sensação muito semelhante á de estar a tocar num piano de cauda.

Quando se toca num piano digital, a área mais recuada das teclas pode ser um desafio para atingir uma expressão musical completamente satisfatória. Esta questão ocorre porque a parte de trás da tecla está mais próxima do ponto de apoio da ação. Quanto mais próximo desse ponto de apoio se pressiona a tecla, menos alavancagem existe e será necessário aplicar mais força. O maior comprimento das teclas GrandTouch oferece ao pianista MAIS alavancagem, permitindo um melhor controlo em termos de expressão, mesmo na parte mais recuada das teclas. O comprimento das teclas GrandTouch é o mesmo comprimento de suporte que podemos encontrar no piano de cauda premium Yamaha S3X e é o maior comprimento de suporte usado em qualquer piano digital.

Cada tecla de um teclado de piano de cauda tem um peso diferente. Isto acontece porque as cordas para cada nota são ligeiramente mais finas e curtas na zona aguda, aumentando a espessura e comprimento à medida que descemos para os registos mais graves. O teclado de 88 teclas com Martelos com Graduação Linear da série Clavinova é o primeiro da sua classe a conseguir copiar esta graduação individual com pesos diferentes e com afinação individual do retorno da tecla. Os resultados são um toque e uma resposta que são surpreendentemente similares aos de um piano de cauda, permitindo que o pianista aprecie a autenticidade do toque.

Os contrapesos são embutidos nas teclas de um piano de cauda para equilibrar o peso dos martelos e permitir um controlo mais preciso quando se toca de forma delicada a baixos volumes. A série Clavinova apresenta também contrapesos ajustados de forma cuidadosa para melhorar a experiência de tocar quando se faz um pianíssimo com um toque leve, melhorando também o retorno da tecla nas passagens mais rápidas. O teclado da série Clavinova foi detalhadamente afinado para oferecer um equilibro fantástico, colocando o enfase na resposta e toque similares a um piano de cauda.

Num piano de cauda, a corda é percutida e o escape faz com que os martelos voltem imediatamente para trás, para evitar qualquer interferência com a vibração da corda. A mecânica produz uma ligeira sensação de clique quando pressionamos suavemente as teclas.

Os teclados da série Clavinova apresentam um mecanismo de escape que reproduz esta sensação muito perto do ponto mais baixo de pressão da tecla. Foi desenhado de tal forma que o clique só é distinguível quando se toca de forma muito leve, tal e qual como acontece com um piano de cauda. Estes teclados foram afinados para providenciar uma fricção adicional que equilibra a repetição e resposta da tecla sem afetar a performance.

Usar o pedal de sustain altera de forma subtil a natureza do som do piano e é essencial para providenciar ao pianista todas as ferramentas necessárias para expressar da melhor forma a sua visão da música.

Os pianos digitais da série Clavinova apresentam um pedal de sustain que deteta a profundidade de pressão de forma contínua e permite uma abertura intermédia do tampo do piano (halfpedaling), o que permite que o pianista faça pequenos ajustes à pressão no pedal e retorno do mesmo, alterando assim a característica do som do piano.

O Pedal de Sustain com resposta de Piano de Cauda apresenta uma curva de resistência similar à de um piano de cauda, começando de forma leve ao toque e ficando mais pesado à medida que o pedal é mais pressionado para o fundo. Esta curva de resistência permite que o pianista fique mais familiarizado com as nuances criadas quando se usa o pedal de forma delicada.

O painel de controlo sensível ao toque só apresenta texto quando está ligado – quando o painel está desligado tem o suave acabamento similar ao de um piano acústico.

A interação dos martelos, do abafador e das cordas dentro de um piano de cauda respondem às nuances mais subtis do toque do pianista, permitindo possibilidades ilimitadas de expressão tonal. O toque refere-se ao controlo do pianista, não apenas da intensidade (suavidade / intensidade) ao tocar e soltar as teclas, mas também da velocidade e profundidade com que as teclas são pressionadas. A Grand Expression Modeling introduzida na série CLP-700 traduz a forma amplamente variada como os dedos do pianista abordam o piano, transformando-a na mesma variação tonal ilimitada de um piano de cauda.

Isso possibilita a variação do resultado final, tocando nas teclas com diferentes profundidades e velocidades, mesmo quando se usam técnicas como trilos, legato ou o evidenciar a melodia sobre o acompanhamento. O Grand Expression Modeling destaca-se por permitir a reprodução fiel do resultado esperado dessas técnicas em muitas canções conhecidas. No "Clair de Lune" de Debussy, um toque suave cria o timbre fraco que faz a melodia destacar-se de maneira mais nítida. No "Un Sospiro", de Liszt, os arpejos que fazem parte do acompanhamento acentuam a melodia sem sobrecarregá-la, e a expressão variada da melodia oferece a mesma qualidade de uma parte vocal. No último dos noturnos de Chopin, os trilos, legatos e outras técnicas delicadas, onde os dedos como que flutuam sobre as teclas, proporcionam a expressão tonal e arejada que é necessária para a interpretação. Tocar estas peças num piano altamente expressivo ajuda o pianista a aprender várias técnicas e experimentar a mesma alegria de expressão que um pintor, mas através do som.

Os sons de piano de cauda da série Clavinova são gravados de pianos de concerto reconhecidos internacionalmente. Um deles é o CFX, o topo de gama dos pianos de concerto da Yamaha. Os pianistas por todo o mundo ficaram enamorados pelo som impressionante, estonteante e expressivamente rico que o CFX proporciona nas salas de concerto. Outro piano de concerto que foi gravado é o Imperial, o modelo mais alto da gama da Bösendorfer, uma marca consagrada pelo tempo e que possui um fervoroso número de seguidores. O Imperial é conhecido pela abundância de cor no seu som e pelo timbre quente e natural. A Yamaha reproduz as idiossincrasias destes pianos de cauda de concerto, através da gravação da amplitude tonal de cada uma das 88 teclas, efetuando ajustes detalhados para capturar os timbres mais harmoniosos que cada um dos pianos tem para oferecer.

A amostra Binaural é uma forma de samplagem que utiliza microfones especiais que são colocados na cabeça de um manequim, na mesma posição das orelhas do pianista para capturar os sons de piano da forma como eles soam na realidade.

Nós utilizamos este método para recriar a ambiência e a completa ressonância natural de um piano acústico nos pianos da série Clavinova. Isto faz com que os pianistas sintam que estão sentados em frente a um piano de cauda, mesmo quando tocam com auscultadores. A experiência é tão agradável que até se esquecem que estão a utilizar auscultadores, mesmo quando já estão a tocar por longos períodos de tempo.

Nos pianos da série CLP-700, a amostra binaural foi utilizada para o Bösendorfer Imperial assim como para o Yamaha CFX. A Yamaha conseguiu uma definição melhorada para esta amostra binaural com a utilização de uma cabeça e manequim especialmente desenvolvidos para esta captação.

Também desenvolvemos a função Stereophonic Optimizer (Optimizador de Estereofonia) para atingir o mesmo objetivo para os efeitos de piano. A tecnologia do Stereophonic Optimizer replica a difusão natural do som em auscultadores de uma forma quase semelhante à da amostra binaural, sendo utilizada nos outros sons de piano que não o Yamaha CFX e Bösendorfer Imperial.

Partindo de nossa experiência na construção de pianos acústicos e altifalantes de alta qualidade, os cones dos altifalantes dos modelos Yamaha CLP-785 / 795GP usam polpa da mesma madeira de abeto utilizada para fazer os tampos harmónicos dos pianos acústicos. O resultado é um som com um ataque mais natural, semelhante ao de um piano, que se aproxima imenso do som do mesmo quando se tocam as teclas.

É possível reproduzir música no sistema de som do seu piano Clavinova com a utilização de um dispositivo móvel com Bluetooth. É possível a reprodução de ficheiros áudio como por exemplo os mp3. Para além disso ainda se pode divertir e tocar ao mesmo tempo com as suas canções favoritas do seu dispositivo móvel.

O topo de gama com o desenho ao estilo de um piano vertical da série Clavinova CLP, que apresenta um teclado GrandTouch e o sistema de som mais evoluído da gama.

Novas amostras dos pianos Yamaha CFX e Bösendorfer Imperial e novas amostras em formato binaural dos Yamaha CFX e Bösendorfer Imperial
53 sons + 14 Drum/SFX Kits + 480 Vozes XG, incluindo 4 sons de pianoforte (Scarlatti Piano/Mozart Piano/Beethoven Piano/Chopin Piano)
VRM melhorada (Virtual Resonance Modeling)
Grand Expression Modeling
Teclado GrandTouch™ com contrapesos, martelos de graduação línear nas 88 teclas
Pedal de sustain com resposta de Piano de Cauda
Amplificação: (50w + 50w + 50w) x 2
Grand Acoustic Imaging
Sistema de altifalantes (16cm + 8cm + 2.5cm + transdutor) x 2, altifalantes com cones em Abeto
Gravador áudio USB (Reprodução / Gravação: WAV)
20 ritmos de acompanhamento
Bluetooth® áudio integrado
Ligação sem fios à app Smart Pianist via Bluetooth® MIDI
Painel de controlo sensível ao toque
Largura - 1,461 mm Altura - 1,027 mm Profundidade - 476 mm
Peso - 84 kg
Cor - Preto Mate

A família MUSTANG GT - A série de amplificadores digitais mais avançada do mundo

Daily Updates

Subscrever

Registar nova Conta

Já tem uma Conta?
Fazer Login ou Pedir nova Password